Nossa História


FILHOS DE N'ZAMBI NA ESTRÉIA EM 27 DE OUTUBRO DE 2012

O Grupo Cultural Afoxé Filhos de N'Zambi foi criado no dia 27 de outubro de 2012, oportunidade em que realizou sua primeira apresentação pública, por ocasião do DNJ - Dia Nacional da Juventude, realizado pela Diocese de Floresta-PE.

O Grupo foi criado com a finalidade de promover o resgate e valorização das tradições afrobrasileiras, especialmente no tocante as raízes das expressões de matriz africana.

O Grupo se propõe (com sua atuação), a combater o racismo e o preconceito em relação à religiosidade construída e desenvolvida pelo povo negro no Brasil.

As oficinas e ensaios do Grupo teve início em setembro de 2012, acontecendo nas ruas próximas à Comunidade do Vulcão e na própria praça do bairro, reunindo crianças, adolescentes e jovens locais, remanescentes quilombolas e indígenas.


O nome do Grupo


O nome FILHOS DE N'ZAMBI, foi escolhido a partir de uma reflexão sobre  a ancestralidade dos quilombolas de Floresta e da maior parte do Estado de Pernambuco, que é pertencente ao Povo Bantu, originários do Reino do Congo que envolvia às regiões da África onde estão localidades os países de Angola, Congo e Moçambique.


O nome de Deus para o Povo Bantu é N'ZAMBI ou ZAMBI.



Então, FILHOS DE N'ZAMBI, significa filhos de Deus.

Trajetória

A partir de então e até os dias atuais, o Afoxé Filhos de N'Zambi, já realizou as seguintes apresentações:

2012 - Foram realizadas quatro apresentações em Floresta-PE, onde destaca-se o Dia Nacional da Consciência Negra e o 5º Encontro de Tradições Culturais das Comunidades Rurais de Floresta.

2013 - Realizou-se Oficina de aperfeiçoamento com o Percussionista Fábio Gomes do Afoxé Oyá Tokolê, bem como cinco apresentações em Floresta-PE, dentre as quais foram destaque o encontro no Centro de Formação da Diocese de Floresta e o 1º Festival Multicultural da Juventude, também em Floresta-PE.

Além disso, realizou-se apresentação na cidade de Arcoverde-PE, durante festividade cultural de Cosme e Damião e, na Comunidade Quilombola de Conceição das Crioulas, no município de Salgueiro-PE.



2014 - Neste ano realizou-se várias apresentações em Floresta, em escolas e espaços públicos, bem como na Comunidade Quilombola de Conceição das Crioulas, no município de Salgueiro-PE e na cidade de Belém do São Francisco durante programação de Festival de Capoeira e do Projeto Mais Cultura na Escola.

2015 - Foram realizadas várias apresentações em escolas, programas sociais e espaços públicos na cidade de Floresta, bem como nas cidades de Exu no evento Edacra e em Arcoverde no Aniversário do Coco Raízes.

2016 - Manteve-se as apresentações na cidade de Floresta, bem como em outras cidades da região a exemplo de Petrolândia, Belém do São Francisco, Mirandiba e Serra Talhada, desta feita priorizando o público de escolas e eventos de Celebração da Consciência Negra. Também por primeira vez, o grupo se apresentou no Carnaval da cidade de Floresta.



2017 - No ano de 2017, priorizou-se a realização de oficinas na cidade de Floresta, com a finalidade os conhecimentos e pesquisas/estudos sobre a religiosidade de matriz africana e suas influências nas tradições culturais do povo negro.

Participou-se ativamente da Celebração da Consciência Negra em Floresta/PE, em apresentação conjunta com o Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão, da cidade de Mirandiba.

2018 - Em 2018, priorizou-se a realização de pesquisas/estudos sobre a religiosidade de matriz africana e suas influências nas tradições culturais do povo negro e na construção da Identidade Sócio Cultural dos Afrodescentes.


Participou-se ativamente da Celebração da Consciência Negra em Floresta/PE, em apresentação conjunta com o Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão, da cidade de Mirandiba.

Projetos para o futuro

Atualmente o Grupo Afoxé Filhos de N'Zambi está preparando seu novo repertório para ser lançado em 2019, bem como a gravação de um CD promocional e um documentário sobre a experiência  e trajetória do grupo.

Sem comentários:

Publicar um comentário